O luso burgo

Ó mar salgado, quanto do teu sal // São lágrimas de Portugal!
Fernando Pessoa

A minha crónica das muitas coisas que me chateiam na política portuguesa (e na economia em geral…).