Ensaios na língua de Camões

Ó mar salgado, quanto do teu sal // São lágrimas de Portugal!
Fernando Pessoa

16 de Janeiro de 2022. "Ah e tal, mas o PS não ganhou as eleições!". Escrevi isto originalmente em 2016, relativamente pouco tempo depois da formação da chamada "Geringonça" (PS+PCP+BE). Republico-o agora, como um lembrete de eleições legislativas servem para eleger um parlamento, e não um governo.

## Por—assaz fundamentada—escolha pessoal, este autor recusa-se a escrever segundo o que ele apelida de “novo aborto horrorográfico” (por vezes, e de modo menos politicamente incorrecto, também chamado pelo nome, Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990). As principais razões para tal estão bem catalogadas no penúltimo capítulo (intitulado “Malfadado Acordo”) de Manuel Monteiro, Por Amor à Língua, Objectiva, 2018. ##

2020

8 de Setembro de 2020. Monopólios Educativos. Uma lição que já se deveria ter aprendido: uma educação monopolista, dá sempre em asneira.

5 de Maio de 2020. Notas soltas sobre RBI. Uma discussão no twitter sobre liberalismo acabou no RBI… o que por sua vez acabou neste texto.

2019

29 de Setembro de 2019. Votar PS? Não obrigado. António Costa, actual primeiro-ministro e secretário geral do Partido Socialista (PS), tem dito em campanha para as legislativas que é preciso "dar mais força ao PS!" Pela minha parte, digo “Não, obrigado!”